RPGBrasil.Org
Se Você não é Membro, Cadastra-se Agora é rapido e fácil.
Venha Participar do Melhor Forum de RPG voltado a um Cenário.
Últimos assuntos
» GRANDES LORDES
Ontem à(s) 12:33 pm por Bordini

» POPULAÇÃO DO REINO DOS MORTOS
Qui Nov 16, 2017 5:48 pm por druidadp

» REFERÊNCIAS DO REINO DOS MORTOS
Ter Nov 14, 2017 5:59 pm por druidadp

» IDÉIAS DE AVENTURAS EM ERA (Colaborativo)
Ter Nov 14, 2017 5:17 pm por druidadp

» Bracelete Olho de Rallor
Ter Nov 14, 2017 2:25 pm por druidadp

» POLÍTICA DE FRONTEIRAS [APROVADO]
Qua Nov 08, 2017 2:00 pm por druidadp

» [AGUARDANDO CORREÇÃO] Favaros - Um Olhar Sensorial
Dom Nov 05, 2017 6:07 pm por Élisson Machado

» musica que inspira uma sessão de rpg
Sab Nov 04, 2017 10:04 am por draculino

» Um projeto de novembro de Aguas Misticas
Seg Out 30, 2017 9:46 pm por draculino

» Utilitários
Seg Out 30, 2017 4:20 pm por druidadp

» Biocyberdrama roteiro de Edgar Franco ilustrado por Mozart Couto
Dom Out 29, 2017 11:33 am por draculino

» Filmes de Akira Kurosawa que inspiram uma sessão de rpg
Dom Out 29, 2017 11:14 am por draculino

» PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]
Qui Out 19, 2017 11:25 am por druidadp

Os membros mais ativos da semana
druidadp
 
Fininho
 
AzorHexx
 
Bordini
 

Os membros mais ativos do mês
druidadp
 
Fininho
 
Bordini
 
Élisson Machado
 
draculino
 
AzorHexx
 

Quem está conectado
4 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 4 Visitantes

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 162 em Sab Fev 26, 2011 7:45 am
Conectar-se

Esqueci minha senha

Visitas
Flag Counter

PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ESTE MATERIAL ESTÁ

100% 100% 
[ 6 ]
0% 0% 
[ 0 ]
 
Total dos votos : 6

resolvido PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por druidadp em Seg Out 16, 2017 10:32 pm

NOVO MATERIAL [baseado em materiais oficiais de ERA]


Este material foi criado agora, utilizando-se como base os descritivos já previamente criados para o REINO DOS MORTOS.

PRINCIPAIS GUERRAS:
TAREFA 01: DESCRITIVO - 20/10/2017  - Concluído em 16/10/2017
Descritivo: Para descrever os combates que já ocorreram com este reino.
Atribuição: Escritores

TAREFA 02: REVISÃO DOS TEXTOS - 27/10/2017 - Concluído em 18/10/2017
Descritivo: Rever o texto desenvolvido, corrigir possíveis erros de português e sugerir mudanças se necessário.
Atribuição: Escritores / Revisores

TAREFA 03: ILUSTRAÇÕES - 27/10/2017 - Concluído em 19/10/2017
Descritivo: Sugerir ilustrações com base no descritivo.
Atribuição: Designer / Desenhista


________________________________________________________________________

PRINCIPAIS GUERRAS DA HISTÓRIA
Pelo Conselheiro: Edson Lemes Jr "Druida das Pradarias"

Muitos podem pensar que as fronteiras do Reino dos Mortos é uma fronteira de guerras constantes. Mas ao contrário disso, o interior das Brumas é uma área de sim silêncio frio e assustador, mas que jamais avançou contra os reinos fronteiriços. Ao contrário disso, todos os combates que foram travados contra tais reino vieram foram investidas realizadas pelos próprios reinos fronteiriços e não o contrário, como podem observar nos relatos históricos.
Devemos lembrar que no início de ERA, o reino dos Mortos não existia, havia apenas a ILHA DA MORTE que era evitada, mas não era realmente considerado um reino e sim uma área estéril e temida. O atual reino dos Mortos é a antiga extensão do reino de Ecatron, onde residiam humanos, anões e os extintos elfos branco.

AS SEIS NOITES SEM DIA:
Ano: 633 da era humana


OBSERVAÇÃO: este é um material oficial de era que está sendo transcrito aqui na versão do Reino dos Mortos

A única grande guerra que o Reino já viveu e também aquela que resultou em sua existência..
Ocorreu no ano de 633 quando o filho bastardo de Ecatron, Morgdûn, através de um pacto com o deus da morte, ofereceu o coração do seu pai em troca de vida eterna. A oferta foi aceita e Morgdûn, agora conhecido como Morderon, o flagelo de Wislow sobre ERA.
Durante seis dias e seis noites uma nuvem negra cobriu todo o céu sobre o Reino dos Magos, vindo do mar, da direção da Ilha Morta, até a capital do Reino. A escuridão trouxe mais do que apenas medo a população do reino, todos os mortos sob a sombra negra deixaram suas covas para servir o flagelo Morderon.
Com este exército perfeito que jamais cansava, sentia fome, sede ou frio, Morderon combatia insaciavelmente as tropas de Ecatron e por mais que o exército do rei resistisse, juntamente com seus aliados anões, a vitória era impossível, a cada homem que sucumbia um novo soldado surgia para se juntar ao exército inimigo.
Ecatron tombou no sexto dia e os poucos sobreviventes abandonaram o reino as pressas, seguindo para a região sul.
Dizem que Morderon arrastou o corpo de seu pai demarcando com seu sangue as fronteiras do reino. Até onde isso é verdade ou lenda, não se sabe.
Após esta guerra, ERA nunca mais foi a mesma. O Reino dos Mortos surgiu ao norte como uma víbora a espreita dos reinos livres e todos temem uma investida de Morderon, o que nunca aconteceu. Até agora!
Hoje já existem dúvidas se esta história é real ou não e alguns acreditam que Morderon e Ecatron são apenas lendas de gerações passadas.

Esta foi a única grande guerra do reino. Posteriormente houveram algumas investidas na tentativa de recuperar o espaço perdido ou na busca pela ESPADA DE ECATRON e pelos corpos de Elena e até mesmo do próprio Ecatron.
Todas infrutíferas, mas algumas destas investidas acabaram gravadas na história, conforme descrito abaixo.

INVESTIDA DE ARTOMIN - BARBA DE AÇO:
Ano: 638 da era humana


Artomin era um grande general do reino Anão que lutou ao lado de Ecatron e sobreviveu ao combate das Seis Noites Sem Dia.
O mesmo ficou obcecado pela derrota e a destruição do grande reinado de Ecatron. Alguns dizem que ele enlouqueceu e que gastou toda a sua fortuna construindo armas e treinando seus homens para a incursão que pretendia realizar.
Obcecado, ele prometia fortuna aqueles que o acompanhassem e dizia que Ecantron não estava morto e sim prisioneiro em seu próprio castelo, impedido de sair, cercado por um exército de mortos. E seria ele quem abriria caminho em meio a este exército numa investida de resgate.
No ano de 638 Artomin comandando quatrocentos anões adentrou no território tocado pela morte e jamais regressou.
Dos quatrocentos anões, apenas vinte retornaram, mas nenhum com sua lucidez intocada. Alguns apenas balbuciavam palavras sem sentido, outros não conseguiam mais dormir a noite, necessitando de cuidados alquímicos para dormir e todos temiam a simples referência ao reino de Morderon. O que eles viram ou viveram lá dentro morreu com eles em sua história da Investida de Artomin.

INVESTIDA DE BARDSON:
Ano: 684 da era humana


OBSERVAÇÃO: este é um material oficial, baseado na história da CIDADE DA PONTE do Reino dos Magos

Não foi especificamente um ataque direto ao Reino dos Mortos, mas sim uma incursão no interior das Brumas na tentativa de resgatar alguns mineiros presos nas minas próximo as ruínas da velha cidade de Anawab.
Os cavaleiros de Bardson investiram contra uma pequena horda de goblinóides que viviam no local e fizeram um cerco a mina, impedindo que os mineiros e sua escolta retornassem a cidade.
O Cavaleiro Bardson reuniu suas tropas em auxílio aos mineiros e após o combate, que durou um dia, eles conseguiram libertar os sitiados e retornar para a Cidade da Ponte.
Durante o retorno, que ocorreu a noite, a névoa tornou-se ainda mais densa e vultos podiam ser vistos sob a pouca iluminação fornecida pelas tochas.
Oito dos mineiros desapareceram durante a jornada de volta e seus corpos jamais foram achados.
Após este incidente, a mina foi abandonada.
Até hoje alguns aventureiros arriscam atravessar a ponte para encontrar a velha mina e conseguir algum tesouro encontrando a velha mina.


Estas são algumas das poucas guerras que o Reino dos Mortos já enfrentou. Os demais reinos preferem esquecê-lo ao invés de enfrentá-lo, temendo uma retaliação por parte de Morderon - se é que ele realmente exista.

________________________________________________________________________

REVISÃO: PRINCIPAIS GUERRAS DA HISTÓRIA
Revisado pelo Conselheiro: Fabricio Da Costa Caxias

Muitos podem pensar que as fronteiras do “Reino dos Mortos” estão em guerras constantes. Mas ao contrário disso, o interior das Brumas é uma área de silêncio frio e assustador, que jamais avançou contra os reinos fronteiriços. Todos os combates que foram travados contra esta região sepulcral, foram investidas realizadas por seus vizinhos mais ativos, como podem observar nos relatos históricos.
Devemos lembrar que no início de ERA, o reino dos Mortos não existia, havia apenas a ILHA DA MORTE (que era evitada pela maioria das pessoas) não sendo, assim, considerado um reino real, apenas uma área estéril e temida. O atual reino dos Mortos é a antiga extensão do reino de Ecatron, onde residiam humanos, anões e os extintos elfos branco.


AS SEIS NOITES SEM DIA:
Ano: 633 da era humana


A única grande guerra que o Reino já viveu foi a que resultou em sua existência.
Ocorrendo no ano de 633 quando o filho bastardo de Ecatron, Morgdûn, através de um pacto com o deus da morte, ofereceu o coração do seu pai em troca de vida eterna. A oferta foi aceita e Morgdûn, agora conhecido como Morderon, o flagelo de Wislow sobre ERA.
Durante seis dias e seis noites uma nuvem negra cobriu todo o céu sobre o Reino dos Magos, vindo do mar, da direção da Ilha Morta, até a capital do Reino. A escuridão trouxe mais do que apenas medo a população do reino. Todos os mortos banhados pela sombra negra, deixaram suas covas para servir a Morderon, o Flagelo.
Com este exército inabalável, Morderon combatia incansavelmente as tropas de Ecatron e por mais que o exército do rei resistisse, juntamente com seus aliados anões, a vitória era impossível, a cada homem que sucumbia um novo soldado levantava se juntando ao exército inimigo.
Ecatron tombou no sexto dia e os poucos sobreviventes abandonaram o reino as pressas, seguindo para a região sul.
Dizem que Morderon arrastou o corpo de seu pai demarcando com seu sangue as fronteiras do novo reino. Até onde isso é verdade ou lenda, não se sabe.
Após esta guerra, ERA nunca mais foi a mesma. O Reino dos Mortos surgiu ao norte como uma víbora a espreita dos reinos livres e todos temem uma investida de Morderon, o que não ocorreu até agora.
Hoje já existem dúvidas se esta história é real e alguns acreditam que Morderon e Ecatron são apenas lendas de gerações passadas.

Esta foi a única grande guerra do reino. Posteriormente houveram algumas investidas na tentativa de recuperar o espaço perdido ou na busca pela ESPADA DE ECATRON e pelos corpos de Elena e até mesmo do próprio Ecatron.
Todas infrutíferas, mas algumas destas investidas acabaram gravadas na história, conforme descrito abaixo.


INVESTIDA DE ARTOMIN - BARBA DE AÇO:
Ano: 638 da era humana


Artomin era um grande general do reino Anão que lutou ao lado de Ecatron e sobreviveu à batalha das Seis Noites Sem Dia.
O mesmo, ficou obcecado pela derrota e a destruição do grande reinado de seu amigo. Alguns dizem que ele enlouqueceu e que gastou toda a sua fortuna construindo armas e treinando seus homens para a incursão que pretendia realizar.
Ele prometia , obsessivamente, fortuna aqueles que o acompanhassem e dizia que o Antigo Rei do Norte, não estava morto e sim prisioneiro em seu próprio castelo, impedido de sair, cercado por um exército de mortos. E seria ele quem abriria caminho pelas hostes de monstros para realizar o resgate.
No ano de 638, Artomin comandando quatrocentos anões, adentrou no território tocado pela morte e jamais regressou.
Dos quatrocentos anões, apenas vinte retornaram. Nenhum são. Alguns apenas balbuciavam palavras sem sentido, outros não conseguiam mais dormir a noite, necessitando de cuidados alquímicos para isso e todos temiam a simples referência ao reino de Morderon. O que eles viram ou viveram lá dentro morreu com o falecimento do último sobrevivente.

INVESTIDA DE BARDSON:
Ano: 684 da era humana


Não foi especificamente um ataque direto ao Reino dos Mortos, mas uma incursão ao interior das Brumas, na tentativa de resgatar alguns mineiros supostamente presos nas minas próximas as ruínas da velha cidade de Anawab.
Os cavaleiros de Bardson investiram contra uma pequena horda de goblinóides que viviam no local e fizeram um cerco a mina, impedindo que os mineiros e sua escolta retornassem a cidade. (essa parte é completamente disconexa do resto do texto)

O Cavaleiro Bardson reuniu suas tropas em auxílio aos mineiros e após o combate, que durou um dia, eles conseguiram quebrar o cerco, libertando os cativos e retornando à Cidade da Ponte.
Durante o retorno, a névoa noturna tornou-se ainda mais densa e vultos eram percebidos sob a pouca iluminação fornecida pelas tochas.
Oito dos mineiros desapareceram durante a jornada de volta e seus corpos jamais foram achados.
Após este incidente, a mina foi abandonada.
Até hoje alguns aventureiros arriscam atravessar a ponte para encontrar a velha mina atrás de alguma fortuna.


Estas são algumas das poucas guerras que o Reino dos Mortos já enfrentou. Os demais reinos preferem esquecê-lo ao invés de enfrentá-lo, temendo uma retaliação por parte de Morderon - se é que ele realmente exista.


________________________________________________________________________

IMAGENS
Pelo Conselheiro: Alessandro Eleutério "Fininho"

LINK DAS IMAGENS: http://rpgbrasil.forumeiro.org/t4116-principais-guerras#61106

________________________________________________________________________

PROJETO APROVADO!


NECESSÁRIO PARA APROVAÇÃO: 50%  +2 votos (necessário 5 votos)
NÚMERO DE CONSELHEIRO NA VOTAÇÃO: 6

TOTAL DE VOTOS APROVADOS: 6 (100%)
TOTAL DE VOTOS REPROVADOS: 0


______________________________________________________________________

MATERIAIS QUE PODEM SURGIR DESTE MATERIAL:

- REINO DOS MORTOS: ruínas de Anawab.

- OUTROS MATERIAIS: Raça extinta Elfos Brancos - Referências podem ser encontradas no Suplemento A Espada de Ecatron.


Última edição por druidadp em Qui Out 19, 2017 11:26 am, editado 5 vez(es)
avatar
druidadp
Administrador

Administrador

Masculino
Número de Mensagens : 18677
Idade : 38
Localização : Varginha - MG
Desde quando você joga RPG? : 1993
Reputação : 101
Pontos : 26067
Data de inscrição : 18/09/2008

http://www.rpgbrasil.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por Élisson Machado em Seg Out 16, 2017 10:46 pm

A história ficou coerente e achei que algumas escolhas de palavras que pra mim eram quase que "esquecidas" enriqueceu na narrativa e deixou a história com um ar mais Realístico... Super legal, bem elaborado.

OBS* Não foquei na revisão do texto mas vi (pelo menos pra mim, posso estar enganado) pequenos erros de pontuação em algumas passagens. Talvez no digitar, enfim.

Até breve...

Élisson Machado ©
avatar
Élisson Machado
Camponês

Camponês

Masculino
Número de Mensagens : 14
Idade : 19
Localização : Porto Alegre - RS
Desde quando você joga RPG? : 2009 - Mas não sou bom conhecedor.
Reputação : 0
Pontos : 658
Data de inscrição : 17/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por AzorHexx em Ter Out 17, 2017 9:03 am

o texto tá bem confuso em algumas partes, prolixo em outras, com uma boa revisão dá pra melhorar bastante.
avatar
AzorHexx
Camponês

Camponês

Masculino
Número de Mensagens : 16
Idade : 36
Localização : Kadath
Desde quando você joga RPG? : 1994
Reputação : 0
Pontos : 58
Data de inscrição : 09/10/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por Bordini em Ter Out 17, 2017 11:04 am

Creio na reunião dos eventos, Trazendo pontas soltas para outras eventualidades. Tenho particularmente uma outra visão do Reino dos Mortos, Mas pela contextualização já dada, O acréscimo posteriormente a ser inserido, Deveria ser de viés político, Já que o Reino se encontra "Adormecido". Não consigo imaginar um antagonismo supremo advindo unicamente deste Reino, Mas ainda sim, Aprovo e apoio à proposta.
avatar
Bordini
Camponês

Camponês

Masculino
Número de Mensagens : 5
Idade : 37
Localização : Rio de Janeiro
Humor : Eloquente
Desde quando você joga RPG? : Desde 1991
Reputação : 0
Pontos : 510
Data de inscrição : 01/07/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por druidadp em Ter Out 17, 2017 1:22 pm

Élisson Machado escreveu:A história ficou coerente e achei que algumas escolhas de palavras que pra mim eram quase que "esquecidas" enriqueceu na narrativa e deixou a história com um ar mais Realístico... Super legal, bem elaborado.

OBS* Não foquei na revisão do texto mas vi (pelo menos pra mim, posso estar enganado) pequenos erros de pontuação em algumas passagens. Talvez no digitar, enfim.

Até breve...

Élisson Machado ©

Obrigado Élisson, acredito que AzorHexx irá realizar a revisão para nós, mas isso não quer dizer que possa apontar erros. Sinta-se a vontade para nos ajudar a entregar um material de qualidade.

AzorHexx escreveu:o texto tá bem confuso em algumas partes, prolixo em outras, com uma boa revisão dá pra melhorar bastante.

Obrigado AzorHexx, aguardamos as suas bem vindas revisões.

Bordini escreveu:Creio na reunião dos eventos, Trazendo pontas soltas para outras eventualidades. Tenho particularmente uma outra visão do Reino dos Mortos, Mas pela contextualização já dada, O acréscimo posteriormente a ser inserido, Deveria ser de viés político, Já que o Reino se encontra "Adormecido". Não consigo imaginar um antagonismo supremo advindo unicamente deste Reino, Mas ainda sim, Aprovo e apoio à proposta.

Olá Bordini, é exatamente essa diferença de visão que queremos para enriquecer cada vez mais o material. Lembrando que ERA tem apenas um plano pré definido, mas todas as costuras, linhas e retalhos que ligam este plano precisam ser tecidos é ai que entra toda nossa liberdade. É interessante expor sua visão, até mesmo criando uma nova ideia para aprovação, um conceito novo. Discutir essas ideias acabam por gerar mais ideias que permitam desenvolver coisas novas para ERA. Até o presente momento apenas eu estou criando, nossa ideia é a interação de todos. Quem não se sente cômodo para escrever, deve criticar o que foi escrito, para que chegamos em um senso comum a todos.

Obrigado pelos comentários de todos, são muito bem vindos.

Ficam assim faltando apenas os votos dos conselheiros: FININHO e TUK.
avatar
druidadp
Administrador

Administrador

Masculino
Número de Mensagens : 18677
Idade : 38
Localização : Varginha - MG
Desde quando você joga RPG? : 1993
Reputação : 101
Pontos : 26067
Data de inscrição : 18/09/2008

http://www.rpgbrasil.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por AzorHexx em Qua Out 18, 2017 9:12 pm

PRINCIPAIS GUERRAS DA HISTÓRIA
Pelo Conselheiro: Edson Lemes Jr "Druida das Pradarias"

Muitos podem pensar que as fronteiras do “Reino dos Mortos” estão em guerras constantes. Mas ao contrário disso, o interior das Brumas é uma área de silêncio frio e assustador, que jamais avançou contra os reinos fronteiriços. Todos os combates que foram travados contra esta região sepulcral, foram investidas realizadas por seus vizinhos mais ativos, como podem observar nos relatos históricos.
Devemos lembrar que no início de ERA, o reino dos Mortos não existia, havia apenas a ILHA DA MORTE (que era evitada pela maioria das pessoas) não sendo, assim, considerado um reino real, apenas uma área estéril e temida. O atual reino dos Mortos é a antiga extensão do reino de Ecatron, onde residiam humanos, anões e os extintos elfos branco.

AS SEIS NOITES SEM DIA:
Ano: 633 da era humana

OBSERVAÇÃO: este é um material oficial de era que está sendo transcrito aqui na versão do Reino dos Mortos

A única grande guerra que o Reino já viveu foi a que resultou em sua existência.
Ocorrendo no ano de 633 quando o filho bastardo de Ecatron, Morgdûn, através de um pacto com o deus da morte, ofereceu o coração do seu pai em troca de vida eterna. A oferta foi aceita e Morgdûn, agora conhecido como Morderon, o flagelo de Wislow sobre ERA.
Durante seis dias e seis noites uma nuvem negra cobriu todo o céu sobre o Reino dos Magos, vindo do mar, da direção da Ilha Morta, até a capital do Reino. A escuridão trouxe mais do que apenas medo a população do reino. Todos os mortos banhados pela sombra negra, deixaram suas covas para servir a Morderon, o Flagelo.
Com este exército inabalável, Morderon combatia incansavelmente as tropas de Ecatron e por mais que o exército do rei resistisse, juntamente com seus aliados anões, a vitória era impossível, a cada homem que sucumbia um novo soldado levantava se juntando ao exército inimigo.
Ecatron tombou no sexto dia e os poucos sobreviventes abandonaram o reino as pressas, seguindo para a região sul.
Dizem que Morderon arrastou o corpo de seu pai demarcando com seu sangue as fronteiras do novo reino. Até onde isso é verdade ou lenda, não se sabe.
Após esta guerra, ERA nunca mais foi a mesma. O Reino dos Mortos surgiu ao norte como uma víbora a espreita dos reinos livres e todos temem uma investida de Morderon, o que não ocorreu até agora.
Hoje já existem dúvidas se esta história é real e alguns acreditam que Morderon e Ecatron são apenas lendas de gerações passadas.

Esta foi a única grande guerra do reino. Posteriormente houveram algumas investidas na tentativa de recuperar o espaço perdido ou na busca pela ESPADA DE ECATRON e pelos corpos de Elena e até mesmo do próprio Ecatron.
Todas infrutíferas, mas algumas destas investidas acabaram gravadas na história, conforme descrito abaixo.

INVESTIDA DE ARTOMIN - BARBA DE AÇO:
Ano: 638 da era humana

Artomin era um grande general do reino Anão que lutou ao lado de Ecatron e sobreviveu à batalha das Seis Noites Sem Dia.
O mesmo, ficou obcecado pela derrota e a destruição do grande reinado de seu amigo. Alguns dizem que ele enlouqueceu e que gastou toda a sua fortuna construindo armas e treinando seus homens para a incursão que pretendia realizar.
Ele prometia , obsessivamente, fortuna aqueles que o acompanhassem e dizia que o Antigo Rei do Norte, não estava morto e sim prisioneiro em seu próprio castelo, impedido de sair, cercado por um exército de mortos. E seria ele quem abriria caminho pelas hostes de monstros para realizar o resgate.
No ano de 638, Artomin comandando quatrocentos anões, adentrou no território tocado pela morte e jamais regressou.
Dos quatrocentos anões, apenas vinte retornaram. Nenhum são. Alguns apenas balbuciavam palavras sem sentido, outros não conseguiam mais dormir a noite, necessitando de cuidados alquímicos para isso e todos temiam a simples referência ao reino de Morderon. O que eles viram ou viveram lá dentro morreu com o falecimento do último sobrevivente.

INVESTIDA DE BARDSON:
Ano: 684 da era humana

OBSERVAÇÃO: este é um material oficial, baseado na história da CIDADE DA PONTE do Reino dos Magos

Não foi especificamente um ataque direto ao Reino dos Mortos, mas uma incursão ao interior das Brumas, na tentativa de resgatar alguns mineiros supostamente presos nas minas próximas as ruínas da velha cidade de Anawab.
Os cavaleiros de Bardson investiram contra uma pequena horda de goblinóides que viviam no local e fizeram um cerco a mina, impedindo que os mineiros e sua escolta retornassem a cidade. (essa parte é completamente disconexa do resto do texto)

O Cavaleiro Bardson reuniu suas tropas em auxílio aos mineiros e após o combate, que durou um dia, eles conseguiram quebrar o cerco, libertando os cativos e retornando à Cidade da Ponte.
Durante o retorno, a névoa noturna tornou-se ainda mais densa e vultos eram percebidos sob a pouca iluminação fornecida pelas tochas.
Oito dos mineiros desapareceram durante a jornada de volta e seus corpos jamais foram achados.
Após este incidente, a mina foi abandonada.
Até hoje alguns aventureiros arriscam atravessar a ponte para encontrar a velha mina atrás de alguma fortuna.


Estas são algumas das poucas guerras que o Reino dos Mortos já enfrentou. Os demais reinos preferem esquecê-lo ao invés de enfrentá-lo, temendo uma retaliação por parte de Morderon - se é que ele realmente exista.
avatar
AzorHexx
Camponês

Camponês

Masculino
Número de Mensagens : 16
Idade : 36
Localização : Kadath
Desde quando você joga RPG? : 1994
Reputação : 0
Pontos : 58
Data de inscrição : 09/10/2017

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por Fininho em Qui Out 19, 2017 9:39 am

Também está aprovado. Só as revisões mesmo para facilitar a leitura e o entendimento da mesma.
E pode aproveitar outras referências para criar materiais do Reino.
avatar
Fininho
Administrador

Administrador

Masculino
Número de Mensagens : 6293
Idade : 34
Localização : Varginha/MG - Vilarejo de Camponeses do Bom Pastor
Humor : Palhaço.
Desde quando você joga RPG? : Ahh um Tempo Bom ai !!
Reputação : 25
Pontos : 10065
Data de inscrição : 23/09/2008

http://www.rpgbrasil.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por Fininho em Qui Out 19, 2017 10:41 am

ALGUMAS IMAGENS REPRESENTATIVAS
(vou postando e editando)









avatar
Fininho
Administrador

Administrador

Masculino
Número de Mensagens : 6293
Idade : 34
Localização : Varginha/MG - Vilarejo de Camponeses do Bom Pastor
Humor : Palhaço.
Desde quando você joga RPG? : Ahh um Tempo Bom ai !!
Reputação : 25
Pontos : 10065
Data de inscrição : 23/09/2008

http://www.rpgbrasil.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por druidadp em Qui Out 19, 2017 11:25 am


PROJETO APROVADO!


NECESSÁRIO PARA APROVAÇÃO: 50% +2 votos (necessário 5 votos)
NÚMERO DE CONSELHEIRO NA VOTAÇÃO: 6

TOTAL DE VOTOS APROVADOS: 6 (100%)
TOTAL DE VOTOS REPROVADOS: 0

avatar
druidadp
Administrador

Administrador

Masculino
Número de Mensagens : 18677
Idade : 38
Localização : Varginha - MG
Desde quando você joga RPG? : 1993
Reputação : 101
Pontos : 26067
Data de inscrição : 18/09/2008

http://www.rpgbrasil.org

Voltar ao Topo Ir em baixo

resolvido Re: PRINCIPAIS GUERRAS [APROVADO]

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum